Como é fazer um Intercâmbio em Malta? Tudo o que você precisa saber antes de ir.

IMG_2378

Oi pessoal, mais um post novinho para vocês sobre intercâmbios. Quem ainda tem dúvidas ou não conhece o país Malta, não deixe de ler as próximas linhas.

Em maio de 2017, o destino, escolheu Malta como cidade para meu primeiro intercâmbio na vida. Digo, o destino, porque sempre sonhei em fazer intercâmbio em Toronto/Canadá. Porém, depois de tudo pago com a agência, o governo canadense não liberou o visto para que eu pudesse estudar lá. Nesse caso (depois de chorar horrores hehe) a agência me apresentou o país Malta )o qual eu nunca tinha ouvido falar). Por fazer parte da união europeia, os brasileiros não precisam de visto para uma estadia de até 90 dias. E assim foi que acabei conhecendo esse país. E quer saber? Não me arrependi de ter conhecido o velho mundo.

IMG_0345.JPG

Localizado no sul da Europa, Malta virou a queridinha dos brasileiros. Apesar de ser calculado em euro, Malta tem muitas escolas de idiomas mais em conta do que suas concorrentes na europa, as cidades de Londres e Dublin, o que atraiu os olhares em tempos de economia X custo benefício.

Além disso, ao pesquisar sobre o país, já havia ganhado mais uma adepta pelas suas fascinantes obras da natureza. Por ser uma ilha, Malta é banhada pelo Mar Mediterrâneo que geralmente possui águas quentes devido ao calor vindo do deserto do Saara. Contribuindo assim para um clima mais parecido com o que os brasileiros gostam. Sol e mar! (mas em determinadas épocas do ano a água é muito, mas, muito fria).

IMG_2341

uma das duas únicas praia de areia do país. O restante são praias de pedras.

Os malteses são povos que foram colonizados pelos ingleses em sua última colonização, por isso deixaram a herança do inglês na língua dos nativos. Apesar da sua língua oficial ser o maltês, todos na ilha falam o inglês, então não se preocupem pois, você vai falar o inglês na rua o tempo todo. São super receptivos com os turistas, não tive nenhum problema com isso.

A capital Valeta é de tirar o fôlego para os apaixonados por arquitetura, história ou simplesmente por qualquer pessoa que gosta de conhecer lugares novos. Monumentos da época da segunda guerra ainda encontra-se por lá.

Outra curiosidade é que Malta é um país católico e tem 365 igrejas espalhadas por todo país. Costuma-se dizer que Malta tem 1 igreja para se visitar por cada dia do ano. Não é legal? E são lindas por dentro.

Então se você estiver em Malta ou pensa em passar por lá, tire um dia todo para conhecer os encantos de Valeta. Veja a mais pura verdade por essas fotos.

Malta também conta com uma noite do agito, na cidade de Saint Julian’s. Por lá você encontra uma rua chamada Paceville, onde é o centro da badalação dos jovens e adeptos de boates e para quem curte muita azaração. Muitas dessas boates nem cobram ingressos para entrar e algumas ainda oferecem drinks de graça. Iai já se animou? Além de contar com boliches, casino, cinema, etc. Ficar parado por lá é que você não vai mesmo.

Achou pouco? Ainda temos as deslumbrantes paisagens naturais e grandes histórias que esse país te oferece. As duas ilhas irmãs chamada Gozo e Comino, fecham o pacote de coisas para se fazer em Malta. Além da cidade do silêncio, chamada Medna (onde foi gravado algumas cenas da Série Games of Thrones). Se for para Malta, precisa conhecer essas ilhas também, as escolas de idiomas fazem passeios por lá. Porém você tem como chegar as ilhas por conta própria. Pelo ferry ou barquinhos de turismo.

E então, já os convenci do porque fazer um intercâmbio em Malta e porque não me arrependi do destino ter escolhido este lugar para mim? Além de ser na Europa e você ter a oportunidade de conhecer outros países. Próximos posts falo como é estudar em uma escola de idiomas em Malta e como foi meu aprendizado. Então fiquem ligados!

Siga as redes sociais do blog e acompanhem mais fotos de tirar o fôlego deste país e de outros países pela Europa. Qualquer dúvida ou comentário só deixar aí logo abaixo.

Como organizar um roteiro de viagem pelo Recife

De volta as dicas de viagens, “peguei” perguntando-me por que não fazer um post falando sobre minha cidade?! Afinal, não é porque você é cidadão de um determinado local que você não possa “viajar” conhecer seu próprio local onde mora. Pensando nisso, decidi fazer esse post dando dicas de como organizar um roteiro pela cidade do Recife, um destino bem procurado por muitos e encantador por sua história e belezas naturais. Recifense que sou, não poderia deixa-lá de fora. Vem saber o que o recife tem de bom!

Conhecida como a “Veneza Brasileira” por ser cercada por rios e suas pontes, repleta de ilhas e mangues, a capital de Pernambuco é destino certo no nordeste brasileiro por muitos turistas nacionais e internacionais. A terra do frevo (dança típica), possui um arsenal de  riqueza cultural tanto nas suas tradições assim como estabelecimentos que data de épocas coloniais. Banhada de praias paradisíacas e estrutura de cidade grande, com aeroportos, portos e rodoviárias.

RECIFE AEREA

RECIFE AEREA Vista aerea da cidade do Recife com destaque para o Bairro do Recife Recife / PE Credito : Leo Caldas

Quando ir

Quem pretende aproveitar as praias é bom vir de janeiro a maio e de setembro a dezembro. Praticamente a maior parte do ano é sol no Recife. Porém, nos últimos anos com o desequilíbrio ambiental, estamos passando por algumas pancadas de chuvas nestes meses (que seriam só de muito sol forte). Mas são coisas de dois, três dias e logo volta a fazer sol novamente.

Nos meses de junho, julho são os meses oficialmente de chuvas. O mês de junho é o  mês da famosa festa de São João. O mês de agosto a chuva é mais amena, porém é um mês com muito vento frio. Mas no geral, venha conhecer a cidade em qualquer época do ano e de acordo com a sua agenda.

Como chegar

De avião, pelo aeroporto Internacional dos Guararapes se você mora nos estados mais longe ou de outro país. De carro ou de ônibus pela Rodoviária se você mora nos estados vizinhos. Muitos turistas quando está aberta a temporada de cruzeiros, chegam pelo mar. O aeroporto não fica longe do grande centro hoteleiro (Boa Viagem) mais ou menos 2,3km, já a rodoviária fica um pouco mais longe cerca de 15,20km. Porém o acesso ao seu hotel pode se dar por metrô, ônibus ou táxi.

Quanto custa a viagem 

Recife tem preços para todos os bolsos, vai depender de quanto você pretende gastar. Existem vários albergues, inclusive da linha Hostelling Internacional (que na minha opinião são ótimos) com valores que pode partir de R$50,00, a diária, pousadas e hotéis mais sofisticados onde as diárias podem variar a partir de R$190,00, na Av. Boa Viagem. Existem hotéis também no centro da cidade. Com alimentação você pode gastar em média 30,00 por dia caso não opte por restaurantes muito sofisticados. Recife tem vários shoppings, e estabelecimentos que oferecem o famoso “PF” (prato feito), são muitas opções, pesquisar se não quiser gastar muito é uma boa saída. Para se locomover na cidade você pode pegar ônibus que te deixam no Recife Antigo, Olinda e outros pontos turísticos. A tarifa custa de R$2,80 a R$3,45. A malha de táxis é bem ampla, podendo também você escolher esta opção.

Como se locomover na cidade

 Ônibus, carro, táxi, como qualquer cidade grande. A dica que dou é para  ficar atento nos horários de pico, pois tanto de carro como de ônibus as principais vias ficam engarrafadas. Mas provavelmente você de férias visitando um novo local não vai acordar às 6h da matina para visitar pontos turísticos, não é mesmo? haha. É válido acordar este horário para caminhar ou correr na orla de Boa Viagem, Piedade, ou simplesmente vislumbrar a paisagem ,se você estiver por ali hospedado. Fica a dica!

O que fazer em Recife (roteiro turístico básico)

Recife além de cidade que abriga muita história tem a modernidade a seu favor. Um dos principais pontos turísticos é sem dúvida suas pontes e o marco zero da cidade, que fica localizado no antigo bairro do Recife hoje conhecido também como Recife Antigo. Nesta ilha ligada por três pontes ao chamado centro da cidade (de fato), abriga toda a história de onde começou a cidade. Hoje podemos encontrar muitos museus, bares, restaurante, feirinhas, Pubs, shopping, igrejas e mais. É  a parte da cidade mais visitadas por turistas e locais. Aos fins de semana é o “point” das atrações. Muitas vezes rolam shows free e apresentações de bandas locais com seus ritmos regionais como o forró. É indispensável fazer o passeio de catamarã, embarcação que te leva a conhecer a cidade por um ângulo diferente, passando pelo rio Capibaribe, você tem a oportunidade de descobrir bastante peculiaridades da história do Recife. Abaixo vou descrever uns dos pontos turísticos que você encontra por lá.

Museu Cais do Sertão; tem como partida a história do sanfoneiro Luiz Gonzaga mostrando a vida do sertanejo e muito mais atrativos. Muito legal a visita.

Paço do Frevo; local (tipo museu) que conta a história da dança típica do estado. Também ocorre apresentações da dança. Muito bom visitar, coloque na sua lista.

Shopping Paço Alfândega; onde desde da época dos holandeses funcionou o Porto do Recife passando ao longo dos anos por vários usos até ser revitalizado e transformado num centro comercial em prol da preservação do patrimônio histórico. Ao lado exite hoje uma livraria cultura.

Ainda pelo Recife Antigo você poderá conhecer a rua do Bom Jesus onde está situada a primeira Sinagoga das Américas, a Torre Malakoff onde antigamente era usada como observatório astronômico e muito mais.

Passando as pontes (Maurício de Nassau e Buarque de Macedo) sentido centro da cidade, não deixe de conhecer a Casa da Cultura, local onde em 1980 funcionou como presídio por 118 anos, construída em formato de cruz onde se cruzam ao centro por uma cúpula metálica, chamada de mirante. Hoje este espaço abriga mais de 150 lojas com artesanatos e lanchonetes e apenas 1 cela continua como realmente era, deixada pelos presos. Construção tombada pela Fundarpe como Patrimônio Histórico de Pernambuco. Não muito longe dali conheça o Mercado São José, o mais antigo mercado público do Brasil inaugurado em 1875, foi também o primeiro edifício construído em ferro do Brasil, tombado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) como patrimônio histórico.

Caminhando mais para a zona sul, você pode apreciar a praia de Boa Viagem, bares e restaurantes que por ali existem. Andando mais um pouco temos as famosas praias dos Carneiros, que já fiz um post sobre (aqui) e Porto de Galinhas. Não esqueça de dar um pulinho na cidade vizinha Olinda, se ainda te sobrar um tempo. Mas esta cidade tem tanta história que vou deixar para falar mais detalhes em um próximo post.

Me falem se vocês gostariam de ler e conhecer mais sobre a cidade de Olinda! Só uma dica, até hoje sou encantada com sua história quando tive a oportunidade ao longo dos meus 14 anos de idade de conhece-lá por meio de um guia turístico. 🙂

Como vocês podem ver, minha cidade tem bastantes histórias, nem cheguei a falar um terço do que temos para conhecer na capital. Mas espero que eu tenha os inspirados a visitar este lindo lugar que carrega grande peso na construção histórica do Brasil. Fiquem com algumas fotos tiradas por mim, e outras da internet. Afinal o “OLHAR É MEU” e nosso. kkk, Bjkss

1460003_632399590134848_2019141755_n

Foto por Renata Lima – Marco Zero

1464098_632399586801515_1095776198_n

Foto por Renata Lima – Famosa escultura do Ricardo Brenand no Marco Zero

CONHEÇA UMA DAS PRAIAS MAIS BELAS DO PLANETA.

Oi pessoal tudo bem? Vim “conversar” com vocês hoje a respeito de um lugar incrível aqui do meu estado (Pernambuco), uma das praias eleita a mais bela do planeta. Vocês adivinham de qual estou falando? hehe. Não, ainda não é Noronha (quando eu conhecer Noronha comento aqui com vocês), eu sei que ela foi eleita no ano passado em primeiro lugar a mais bela, porém estou falando de outra em PE que já ficou em primeiro lugar mas que ainda está dentro da lista. “Dole” 1,2,3 kkk. Acertou quem respondeu PRAIA DOS CARNEIROS. 

Sim, Carneiros (como é conhecida aqui no estado) está na lista das 25 praias mais bonitas do mundo, ocupando o 12º lugar, segundo o site Tripadivisor que faz uma votação pela internet com milhares de turistas.

É fácil entender porque Carneiros pertence a este Ranking, quem já visitou a praia vai concordar e eu sou uma dessas pessoas. srsrs. A você que ainda não visitou lhe faço um convite, ok? 

Carneiros está localizada no Litoral Sul no Município de Tamandaré. Para chegar a este paraíso, partindo de Recife, o acesso se dá pela BR 101 e pela PE 60. De carro mais ou menos 1h30min.

Dependendo do período do ano, no verão mais precisamente, as águas  são bem mornas ótima para passar uns bons minutos dentro dela apreciando aquela paisagem. Sem falar que são águas pouco profundas e bastante tranquila sem muitas ondas.

É possível fazer vários passeios em Carneiros. Um deles, e mais conhecido, é o passeio de barco, que custa em média R$30,00 por pessoa (dá para pechinchar viu! Consegui o meu passeio a R$20,00 kkk, mas vai depender da embarcação, pois, existem umas lanchas que custam em média R$30,00 a R$40,00 e estas aí já são mais difícil de pedir um descontinho kkkk. A minha embarcação foi das “pequenas” tipo de pescador mesmo sabe? Mas foi ótimo e super tranquilo). Verão nas fotos logo abaixo.

Esse passeio te leva para conhecer todo o entorno da praia, passa pela conhecida “Igrejinha”, chamada Capela de São Benedito, datada do século XVIII famosa hoje por realizar belíssimos casamentos e também batizados. Outro ponto do passeio passa pelo chamado “braço de mar” fenômeno natural que se forma pela desembocadura de um rio, esse rio no caso é o Rio Formoso, chegando no banco de argila, que dizem ser medicinal. Aproveita e se encharca de lama até a cabeça, já que é medicinal vamos aproveitar kkk. Ho, uma coisa é certa, a pele fica bem hidratada viu! parece que você passou hidratante meeesmoo, amei!! Hashtag #partiubanhodelama kkk

Continuando as “andanças” ainda neste passeio, o barco ou lancha também passa por bancos de areias que se formam quando a maré baixa, no meio do mar, e ali você fica até determinada hora aproveitando dos barezinhos quase flutuantes. O passeio também proporciona uma visita ao manguezal e piscinas naturais.

Na volta do passeio você pode desfrutar das areias branquinhas da praia e dos bares à beira Mar, o mais famoso é o Bora Bora, dentre outros. Em 1 dia você consegue fazer todo esse passeio, porém é bom começar bem cedo.

Um detalhe importante é que a Praia dos Carneiros é quase “fechada” se você não estiver hospedado em alguma pousada que dá acesso à praia, você só conseguirá chegar nela pagando a entrada pelos bares, um deles o Bora Bora ou pagando “pedágio” por propriedades particulares. Mas dá para ir caminhando pela areia da praia viu! Vindo de Tamandaré, foi o que fiz! É uma longa caminhada mas vale  super a pena! Já vai interagindo com a paisagem de tirar o fôlego formada pelos coqueirais que fazem parte da vegetação deste litoral. Agora fiquem com as fotos que não me deixam mentir! kkk Peço desculpa pois são fotos de celular, nada profissional. hehe e algumas da internet. Dá um like aí se gostaram e compartilhem com seus amigos, deixem seus comentários, ajudem a amiga. Bjks e até o próximo post. ♥

carneiros 1

Pose para a foto no barquinho.

 

carneiros 2

O bar Bora Bora, é bem colorido e divertido. Não estou divulgando nada viu minha gente! Estou falando a realidade do local e porque gostei muito. Que fique bem claro! kkk

carneiros 3

No caminho. “E no caminho não tinha nenhuma pedra” kkkk

carneiros 5

É tão deslumbrante que é pausa para foto a qualquer momento. kkk

carneiros 6

Os manguezais

carneiros 7

O “banho” de lama medicinal. kkk

carneiros 8

Uma visão geral da praia. (Olha aí as lanchas que falei)

carneiros 9

Esta eleita por mim minha melhor foto. Lindoo!! Parece o Caribe não?! kk. Água verdinhaa!

carneiros-melhores-praias-igrejinha-sao-benedito

E a famosa igrejinha. Foto da Internet

carneiros 11

Banco de areia no meio do mar que comentei.